FIT BH 2010 – Till, a saga de um herói torto


Sinopse

Com direção de Júlio Maciel, cenário e figurinos de Márcio Medina e direção musical de Ernani Maletta, “Till” representa a volta do Grupo Galpão ao teatro de rua e suas formas de representação popular. Um dia, na eternidade, o Demônio aposta com Deus que se tirasse do homem algumas qualidades, ele cairia em perdição. Deus, aceitando o desafio, resolve trazer ao mundo a alma de Till. Vivendo em uma Alemanha miserável, povoada de personagens grotescos e espertalhões, logo de início nosso protagonista é abandonado em meio ao frio e à fome e descobre que a única maneira de sobreviver naquele lugar é tornar-se ainda mais esperto e enganador.

Galpão
Com mais de 85 premiações, sendo duas internacionais, o Galpão é um dos grupos brasileiros de teatro que mais circulam, não só pelo país, como também pelo exterior, já tendo percorrido o território brasileiro de norte a sul e participado de vários festivais em dezessete países da América Latina, América do Norte e Europa. É o único grupo brasileiro que se apresentou no Shakespeare’s Globe, em Londres, palco onde somente são apresentadas obras de Shakespeare. Sediada em BH, a companhia tem sua origem ligada à tradição do teatro popular e de rua. Há 27 anos, vem montando grandes espetáculos e já foi visto por mais de 1,2 milhão de pessoas. A Petrobrás é patrocinadora exclusiva do Grupo Galpão.

Elenco: Antônio Edson, Arlindo de Barros, Beto Franco, Chico Pelúcio, Eduardo Moreira, Inês Peixoto, Lydia Del Picchia, Simone Ordones, Teuda Bara

@FITBH

© Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: